Argentina e Paraguai ficam no empate em jogo morno no Mineirão

Paraguaios se apresentam melhor durante o primeiro tempo, mas Messi aproveita pênalti e evita derrota

O paraguaio Matias Rojas e Pezzella dividem bola no Mineirão.
O paraguaio Matias Rojas e Pezzella dividem bola no Mineirão.Eugenio Savio (AP)
Mais informações
Seleção da Venezuela afaga o coração dos exilados da crise no Brasil
'A gentrificação explica os estádios vazios na Copa América', por Breiller Pires

As seleções de Argentina e Paraguai não iniciaram a Copa América 2019 com o pé direito. E seguem devendo após o segundo jogo na competição. O empate por 1x1 entre as duas equipes no Mineirão não chegou a ser injusto para o Paraguai, que jogou melhor no primeiro tempo, mas, após perder um pênalti com Derlis González na segunda etapa, abdicou de atacar. Para a Argentina, por outro lado, ainda que o empate não possa ser considerado um resultado bom, as condições do jogo e a atual má fase lhe atribuíram um sentimento de alívio.

Apesar de os argentinos terem começado o jogo demonstrando mais empenho, as melhores chances de gol no primeiro tempo foram do Paraguai. Os contra-ataques do time de do treinador Eduardo Berizzo eram puxados por Almirón, o melhor mais lúcido da partida, que aos 35 minutos encontrou Richard Sanchez dentro da área após uma bela arrancada pela ponta esquerda: 1x0. A Argentina só conseguiu reagir no segundo tempo, com a volta de Agüero ao campo. Não sem a ajuda do VAR.

A melhor trama argentina do jogo levou Martínez a acertar o travessão. No rebote, Messi parou nas mµãos de Gatito Fernández. O craque argentino se preparava para bater um escanteio quando o árbitro Wilson Sampaio foi avisado pelo VAR de que poderia ter ocorrido um pênalti no lance. O Olhar milimétrico do árbitro de vídeo enxergou mão na bola do lateral Piris após o chute de Martínez. Messi trocou a cobrança de escanteio pela penalidade máxima e empatou o jogo.

Dez minutos depois, Derlis González teve sua chance de bater um pênalti, após ser derrubado na área por Otamendi (em péssima noite). Mas o goleiro Armani defendeu o arremate do atacante do Santos e garantiu o empate em um jogo com poucos momentos de destaque. A Argentina depende agora de uma vitória contra o Catar para se classificar, nem que seja como um dos dois melhores terceiros colocados. A situação para o Paraguai, após dois empates, também não é simples, já que enfrenta a líder e já classificada Colômbia na última rodada da primeira fase do torneio.

Veja como contamos Argentina x Paraguai:

Rodolfo Borges

Encerramos por aqui a cobertura de Argentina 1 x 1 Paraguai, no Mineirão, pela segunda rodada do grupo B. Obrigado pela companhia e até a próxima!

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

A seleção da Argentina sai de campo mais uma vez devendo uma boa apresentação. Acabou salva da derrota pelo olhar milimétrico do árbitro de vídeo. Já o Paraguai, a exemplo do que aconteceu no jogo contra o Catar, deixou o resultado escapar após jogar melhor.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

FIM DE JOGO

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

51 minutos. O jogo termina muito travado.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

48 minutos. O Paraguai abdica do ataque e vai parando o jogo. A Argentina tenta sem sucesso incomodar o goleiro Gatito.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

47 minutos. Di María não entrou bem. Errou quase tudo que tentou. Já Agüero conseguiu incomodar a defesa paraguaia.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

45 minutos. O Paraguai se livra da bola.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

7 minutos de acréscimo

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

43 minutos. Romero puxa contra-ataque para o Paraguai e é parado com falta no meio de campo. Os paraguaios seguram o jogo. O defensor Juan Escobar enrtra no lugar de Derlis González.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

42 minutos. Pressão final da Argentina. O Paraguai se encolhe.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Almirón, o melhor jogador paraguaio em campo, sai para a entrada de Ortiz.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

38 minutos. QUE PERIGO! Matías Rojas bate falta lateral direto para o gol e exige grande defesa de Armani. O goleiro argentino ainda faz mais uma defesa na sequência, mas o árbitro já tinha marcado impedimento do ataque paraguaio.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

36 minutos. A Argentina parece ter perdido o fôlego. Almirón partiu em mais uma boa arrancada e só foi parado com falta por Otamendi, que levou cartão amarelo.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

35 minutos. Tagliafico leva cartão amarelo por dividir bola de cabeça com Piris com os braços abertos.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

33 minutos. O Paraguai finalmente consegue trocar passes no campo da Argentina e descansa um pouco dos avanços do adversário.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O público do Mineirão é de cerca de 38.000 pessoas (35.265 pagantes e 2.753 não-pagantes).

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

30 minutos. BOA JOGADA! Messi enfia bola para De Paul pela direita e recebe ela dentro da área para finalizar, mas o passe de De Paul sai muito para trás e o chute se perde pela linha de fundo.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

28 minutos. Messi busca tabelas com Agüero, mas é muito difícil entrar pelo meio da área paraguaia.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

26 minutos. Romero entra no lugar de Santander no Paraguai.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

25 minutos. O Paraguai se retraiu após perder o pênalti. Não consegue mais encaixar contra-ataques.

Rodolfo Borges

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS