Liverpool remonta de forma épica contra o Barcelona e volta à final da Champions League

Sem Salah e Firmino, ingleses tiveram noite mágica em Anfield e golearam os espanhóis por 4 a 0

Wijnaldum, Alexander-Arnold e Henderson comemoram gol do Liverpool.
Wijnaldum, Alexander-Arnold e Henderson comemoram gol do Liverpool.Dave Thompson (AP)
Diogo Magri
Mais informações
O milagre de Messi contra o Liverpool
Klopp: “Experimentei a derrota muitas vezes na minha carreira. Mas continuo vivo”

Liverpool fez, outra vez, história na UEFA Champions League. Depois de perder a partida de ida por 3 a 0 na Espanha, a equipe inglesa se superou e, mesmo sem as estrelas Salah e Firmino, goleou o Barcelona por 4 a 0 nesta terça-feira, no estádio Anfield Road. Origi e Wijnaldum marcaram duas vezes cada e devolveram os Reds para a final da Champions um ano após o vice-campeonato da temporada passada. Em um primeiro tempo frenético, os donos da casa começaram em um ritmo alucinante: logo aos seis minutos, Henderson perdeu um gol dentro da área mas Origi, no rebote, abriu o placar. O gol animou a torcida e o time, que passou boa parte da etapa inicial pressionando o Barça e atrapalhando a saída de bola catalã. Os visitantes só conseguiram tranquilizar o jogo quando Messi achou contra-ataques e assustou a zaga inglesa. Alisson fez ao menos três grandes defesas, que ajudaram o Liverpool a chegar no intervalo com o 1 a 0 a favor.

Com um pique parecido, o Liverpool iniciou o segundo tempo atrás dos dois gols, com uma diferença: lesionado, Robertson deu lugar a Wijnaldum. Após 11 minutos em campo, o holandês já tinha marcado duas vezes; a primeira, completando cruzamento rasteiro de Alexander-Arnold da direita e, a segunda, marcando de cabeça após levantamento de Shaqiri pela esquerda. O 3 a 0 era o suficiente para levar o confronto para a prorrogação, mas o jogo tinha mudado; Messi e Suárez, que incomodavam a defesa na primeira etapa, não tocavam mais na bola. Até que, 20 minutos após o terceiro gol, Arnold percebeu a distração da zaga catalã, bateu escanteio rápido e Origi, livre, só precisou deslocar Ter Stegen para fazer 4 a 0.

Com a épica goleada a favor, o Liverpool resistiu até os minutos finais e viu Anfield explodir com o apito do árbitro. O resultado dá uma nova chance para o time de Jurgen Klopp ser campeão europeu, um ano após perder a final para o Real Madrid. A decisão, marcada para o dia 1 de junho em Madri, será contra o vencedor da outra semifinal, entre Tottenham e Ajax.

Veja como contamos Liverpool x Barcelona:

Diogo Magri
Encerramos por aqui a cobertura de Liverpool 4 x 0 Barcelona, pela semifinal da UEFA Champions League. Obrigado pela companhia e até a próxima!
Diogo Magri
Diogo Magri
O Liverpool agora espera o vencedor de Ajax x Tottenham, que definem amanhã às 16h (horário de Brasília) o outro finalista. Os Reds têm a chance de conquistar o hexacampeonato europeu.
Diogo Magri
Diogo Magri
Além dos jogadores, torcida e o treinador Klopp também foram fundamentais na virada histórica. Enquanto a primeira não parou de acreditar sequer um minuto, o segundo teve a estratégia perfeita para sufocar o Barça e virar um confronto quase perdido.
Diogo Magri
Diogo Magri
Fabinho, assim como Alisson, sai como um dos grandes destaques da partida. Matip, Van Dijk, Alexander-Arnold, Mané... além de Origi e Wijnaldum. Uma partida perfeita de quase todo o time do Liverpool. Foto: AFP
Diogo Magri
Diogo Magri
O Barcelona, pela segunda temporada seguida, é eliminado sofrendo uma remontada incrível fora de casa. Desta vez, nem a noite mágica de Messi no Camp Nou foi o suficiente pro Barça. O argentino foi muito bem marcado por Fabinho na Inglaterra. Foto: Getty Images
Diogo Magri
Diogo Magri
Sem Salah e Firmino, o 4 a 0 parecia impossível, mas aconteceu. O resultado devolve o Liverpool à final da UEFA Champions League um ano após o vice-campeonato, contra o Real Madrid.
Diogo Magri
Diogo Magri
Quem presenciou ainda está se recuperando. O Liverpool entrou em campo com um 3 a 0 contra no placar. Marcou uma vez no primeiro tempo, com Origi, e mais três vezes na etapa final: dois de Wijnaldum e outro de Origi. De forma épica, virou o confronto contra o Barcelona.
Diogo Magri
Diogo Magri
Abraçados, jogadores e comissão técnica do Liverpool cantam You'll Never Walk Alone com a torcida. Uma cena fantástica para uma noite histórica.
Diogo Magri
Diogo Magri
ACABOU! O LIVERPOOL FAZ HISTÓRIA: VENCE O BARCELONA POR 4 A 0 EM ANFIELD E ESTÁ NA FINAL DA CHAMPIONS LEAGUE!
Diogo Magri
Diogo Magri
47 minutos. Piqué virou centroavante. O Barcelona vem para o sufoco!
Diogo Magri
Diogo Magri
45 minutos. Aplaudido, Shaqiri sai para a entrada de Sturridge. E o quarto árbitro ergue a placa: cinco minutos de acréscimos.
Diogo Magri
Diogo Magri
43 minutos. Malcom entrou no lugar de Rakitic no Barça.
Diogo Magri
Diogo Magri
42 minutos. Barcelona toca a bola no campo de ataque debaixo de uma sonora vaia da torcida.
Diogo Magri
Diogo Magri
40 minutos. Lesionado, Origi, um dos herois da partida, sai para a entrada do zagueiro Gomez.
Diogo Magri
Diogo Magri
39 minutos. Que festa faz a torcida do Liverpool em Anfield.
Diogo Magri
Diogo Magri
36 minutos. O jogo vira completamente! Agora é o Barcelona que vem para o abafa!
Diogo Magri
Diogo Magri
33 minutos. QUE COISA INACREDITÁVEL ESTÁ ACONTECENDO EM ANFIELD! Alexander-Arnold foi mais esperto que a zaga do Barcelona, cobrou escanteio rasteiro rapidamente e Origi, sozinho, só tirou de Ter Stegen! 4 a 0 para o Liverpool!
Diogo Magri
Diogo Magri
GOOOOOOOOOOOOL! O LIVERPOOL VIRA O CONFRONTO!
Diogo Magri
Diogo Magri
30 minutos. Semedo puxa a camisa de Mané e leva cartão amarelo.
Diogo Magri
Diogo Magri
29 minutos. Vidal, que fez ótima partida, sai para a entrada de Arthur.
Diogo Magri

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS