Casamento real britânico

Irmão de Meghan Markle: “Ainda dá tempo de cancelar o casamento”

Excluído das bodas, Thomas Markle escreveu carta ao príncipe Harry com duras críticas a Meghan

O príncipe Harry e Meghan Markle, em 8 de março
O príncipe Harry e Meghan Markle, em 8 de marçoMatt Dunham / AP

Thomas Markle Jr., meio-irmão da atriz Meghan Markle, noiva do príncipe Harry da Inglaterra, disparou duras críticas contra ela a poucos dias do casamento da realeza, marcado para 19 de maio. Em uma carta manuscrita dirigida ao príncipe Harry, Thomas Markle critica Meghan e avisa ao noivo que ainda “dá tempo” de cancelar a união.

Na mensagem, que ele compartilhou com a revista In Touch, o homem de 51 anos escreve: “À medida que o seu casamento se aproxima, fica muito claro que este é um grande erro”.

O irmão mais velho de Markle critica a relação dela com seu pai, que, segundo Thomas, ajudou financeiramente a atriz. De acordo com Thomas, que não vê sua meia-irmã desde 2011, seu mal-estar não é só pelo fato de sua família não ter sido convidada para o casamento, e sim por ter visto que “completos estranhos” foram chamados em seu lugar. “Quem faz isso?”, pergunta-se.

Na carta, Thomas diz que Markle mudou por causa da fama em Hollywood. “É muito evidente que sua pequena fama de Hollywood lhe subiu à cabeça, transformando-a em uma mulher enfastiada, superficial e vaidosa, que zombará de você e da herança da família real”, escreveu.

Mais informações

Ao final do texto, Thomas acusa Markle de manter separada a sua “família desgarrada” ao não convidá-los para o casamento real, mas admite que Markle “ainda é minha irmã”.

Esta não é a primeira vez que o meio-irmão da noiva se pronunciou contra ela. Em abril, Thomas disse ao Daily Mirror que Markle “esqueceu suas raízes” e gosta de se retratar como uma “pessoa do povo”. “Ela está desempenhando o melhor papel da sua vida. É uma falsa. Uma vez que chegou a Hollywood, se tornou uma pessoa diferente. Claramente esqueceu suas raízes e sua família.”

“Não estou amargurado, só desconcertado”, disse ao The Mirror. “É doloroso, dada a proximidade que já tivemos.”

Há poucos dias foi Samantha Grant, meia-irmã da noiva de Harry, quem publicou no Twitter mensagens com um gosto amargo: “É hora de amadurecer, Harry. Alguém precisa lhe dizer: o imperador está nu”. Essa mulher de 53 anos, que sofre de esclerose múltipla, está magoada por não ter sido convidada para o casamento do ano. “Defender a ajuda humanitária não funciona ao mesmo tempo em que você permite que Meg ignore os Markle. É uma contradição.”

A ira do Grant não é nova. Já tinha criticado Meghan por supostamente abandonar a sua família no afã de ser uma atriz famosa. Depois, a tachou de hipócrita. Mais tarde, retratou-se e a descreveu como encantadora. Mas há algumas semanas voltou à carga e recriminou o casal real por convidar “estranhos” em vez de familiares. Também os acusou de falhar em “venerabilidade, etiqueta e tradição”. “Fumaça e espelhos não podem ocultar o elefante na sala. Uma falta de respeito, contra a tradição e o humanitarismo. Os Markles deveriam ser convidados se 2.000 desconhecidos vão ao casamento.”

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50