Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Youtuber de finanças dá dicas para ganhar dinheiro em 2018 sem ganhar na loteria

Chances de ganhar na Mega-Sena é de uma em 50 milhões: mais fácil aprender a poupar e a investir.

Nathalia Arcuri, do canal ‘Me Poupe!’, fala sobre como tirar do papel meta de ficar rico no ano que vem

Como ficar rico em 2018
A jornalista Nathalia Arcuri, do Me Poupe!

É mais fácil um raio atingir a sua cabeça que você ganhar na Mega-Sena. Os dados são da própria Caixa Econômica Federal, que calcula que as chances de um apostador ganhar na principal loteria brasileira jogando seis números é de uma em 50.063.860 (enquanto a de ser atingido por uma descarga elétrica dos céus é de uma em 1,5 milhão). Mesmo assim, milhões de brasileiros devem encarar as filas das lotéricas até as 14h do dia 31 de dezembro para tentar a sorte neste fim de ano, quando a Mega da Virada sorteia seu maior prêmio da história: 280 milhões de reais. Para a maioria dos brasileiros, gastar 3,50 para fazer a aposta mínima da Mega é um pequeno investimento perto das chances de ficar milionário. Mas para a jornalista Nathalia Arcuri, especialista em finanças pessoais e criadora do blog e canal de YouTube Me Poupe!, isso dá no mesmo que jogar o dinheiro no lixo.

"Já apostei na loteria, hoje não mais. É muito dinheiro. Eu prefiro poupar e investir", diz. Mais fácil que ganhar na loteria é aprender a economizar e fazer esse dinheiro render, garante a jornalista. O canal de YouTube criado por Nathalia em 2015 saltou em 2017 de 300.000 seguidores para mais de 1,1 milhão de inscritos, usando o entretenimento como ferramenta para dar dicas de finanças pessoais e ensinar "como ficar rico ainda nesta encarnação".

Em 2017, a youtuber também entrou para o seleto clube do qual faz parte apenas 1% da população do Brasil: em agosto conquistou seu primeiro milhão, aos 32 anos, e se tornou uma das 165.000 pessoas milionárias do país. “Eu sou a prova de que o que eu eu prego no meu canal funciona”, afirma, justificando porque fez questão de publicar um vídeo contando que se tornou rica. "Falar de dinheiro no Brasil é mais tabu que sexo. É preciso desmistificar, tornar a educação financeira mainstream, para falar de dinheiro na mesa sem ser o mesquinho da galera", explica.

Em outubro, o EL PAÍS recebeu Nathalia Arcuri para um bate papo sobre finanças pessoais. Assista a entrevista completa aqui.

Ensinar a investir com segurança, ganhar uma renda extra e fazer escolhas mais sábias que jogar o suado dinheiro fora é um nicho em expansão no Brasil, que após atravessar anos de uma dura recessão, ainda vê sua economia se recuperar de maneira tímida. Além do Me Poupe!, outros canais de youtubers de economia doméstica e finanças pessoais —como o Primo Rico (477.000 seguidores), Gustavo Cerbasi (255.000 inscritos) e o EconoMirna (170.000 inscritos) —ganham cada vez mais adeptos em busca de informações para não só sair do vermelho, mas ver seu patrimônio crescer.

O diferencial de Nathalia, na avaliação dela mesma, é a linguagem divertida. No canal, a jornalista fala sobre temas que vão desde o temido bitcoin, a como começar a aplicar no tesouro direto, onde investir para ter uma previdência privada, até como fazer compras gastando menos até com o papel higiênico. "É um canal para desfoder sua vida financeira", diz. Essa é a meta de Ano Novo da maioria da população.

MAIS INFORMAÇÕES