Seleccione Edição
Login

‘Star Wars: Os Últimos Jedi’ tem a segunda melhor estreia da história nos EUA

Filme arrecadou 186 milhões nos primeiros dias em cartaz no país, atrás apenas do último filme da saga, ‘O Despertar da Força’

Nos últimos dias, várias críticas de Os Últimos Jedi perguntavam se a saga de Star Wars continua viva e para onde vai no futuro. A bilheteria, por enquanto, deu uma poderosa resposta à primeira pergunta: Os Últimos Jedi arrecadou 220 milhões de dólares (720 milhões de reais) nos Estados Unidos e no Canadá no fim de semana de estreia, de acordo com o The Hollywood Reporter. Essa é a segunda melhor estreia da história no país, superada apenas pelo episódio anterior da saga, Star Wars: O Despertar da Força, que estreou há dois anos e arrecadou 248 milhões de dólares nos primeiros dias em cartaz.

Em nível global, Os Últimos Jedi arrecadou 450 milhões de dólares, bem atrás, neste caso, da bilheteria de estreia do episódio anterior (529 milhões de dólares) e de filmes como Jurassic World. Resta saber como se sairá na China, o segundo maior mercado mundial de cinema depois dos EUA, onde entra em cartaz em 4 de janeiro. 

O Despertar da Força finalizou seu excepcional percurso nas salas com o terceiro lugar na história da bilheteria cinematográfica, depois de Avatar e Titanic. Star Wars é a primeira franquia da história a ter duas estreias acima dos 200 milhões de dólares nos EUA. “O resultado fala do poder da representação. É um filme convincente, tanto nas personagens como em seus conflitos”, declarou Dave Hollis, chefe de distribuição da Disney, proprietária da marca Star Wars, ao The Hollywood Reporter.

O filme, dirigido pelo norte-americano Rian Johnson, oferece a possibilidade de ver a atriz Carrie Fisher pela última vez no papel de princesa Leia. A atriz morreu em dezembro de 2016, aos 60 anos, pouco tempo depois de terminar a filmagem de suas cenas. O grupo Disney, produtor do filme, já anunciou uma “nova trilogia” de Star Wars, além do episódio IX que estreará em 2019.

MAIS INFORMAÇÕES