A modelo brasileira que pode ser a primeira ‘angel’ trans da Victoria Secret

Valentina Sampaio coleciona capas de revistas desde que posou para 'Vogue'

Mais informações
Madeline Stuart, a modelo com síndrome de Down, lança sua coleção
Além de Gisele Bündchen: brasileiros que brilham na indústria da moda
Esta foto é a mais recente provocação dirigida por DiCaprio ao ‘glamour’ de Hollywood
A modelo negra que incentiva sentir orgulho da pele escura
As modelos com estrias são uma realidade (e as redes sociais aplaudem)

Hoje, um dos rostos mais solicitados nas passarelas da alta moda é o de uma brasileira. Valentina Sampaio, 22 anos, está hoje na capa de revistas como Vogue, L'officiel e Elle. De forma quase única na indústria da moda, ela está conseguindo romper barreiras impostas pelo preconceito, já que é transexual. Recentemente, Emmanuele Alt, diretora editorial da versão francesa da Vogue, declarou que Sampaio tem qualidade artísticas e pessoais únicas, encarando todos os desafios.

A carreira da modelo decolou enquanto ela estudava moda ainda no Brasil. Com mais de 76.000 seguidores no Instagram, hoje é um dos nomes mais esperados para o próximo desfile da Victoria’s Secret. Se confirmado, será um feito para o mundo da indústria da moda, já que a marca, uma das mais cultuadas do mundo, nunca teve uma modelo trans desfilando.

Apesar dos feitos, Sampaio não é a primeira modelo trans a desfilar. A britânica April Ashley foi uma das pioneiras. Ashley teve uma carreira profícua nos anos 1960 até que tabloides divulgaram matérias sobre sua sexualidade. Hoje, contudo, a questão é vista de outra forma e a modelo brasileira, sem precisar esconder seu gênero, está revolucionando as passarelas.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS