Eleições na França: Emmanuel Macron e Marine Le Pen disputarão segundo turno

Veja como foi a cobertura, em tempo real, do primeiro turno das eleições para a presidência da França

Emmanuel Macron e Marine Le Pen, que se enfrentarão no segundo turno.
Emmanuel Macron e Marine Le Pen, que se enfrentarão no segundo turno.ERIC FEFERBERG JOEL SAGET (AFP)

O próximo presidente da França será ou um banqueiro ou uma ultradireitista. Emmanuel Macron (centro) vai enfrentar Marine Le Pen (extrema-direita) no segundo turno das eleições presidenciais na França, que acontece em 7 de maio. Os dois candidatos superaram outros nove adversários, entre eles François Fillon, líder do partido da direta tradicional, e o Partido Socialista francês Benoît Hamon. Cerca de 77% dos eleitores franceses foram às urnas votar neste domingo, 23 de abril. Houve manifestações em Paris após encerrada a votação. O índice de participação foi menos que o de 2012 e, no segundo turno, o engajamento dos eleitores que não compareceram pode ser decisivo.

Veja como foi a cobertura do primeiro turno das eleições na França 2017:

Tom C Avendano
Terminamos por aqui a nossa cobertura do primeiro turno das eleições francesas. Confira abaixo como foi a jornada eleitoral na França. Obrigado. http://cort.as/wg-y
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Com 71% dos votos contabilizados, Marine Le Pen e Emmanuel Macron estão na frente, separados por menos de 70.000 votos úteis. Le Pen obteve 23,3% dos votos, contra os 22,98% de Macron. Ainda resta contar pouco menos de um terço dos votos, principalmente de grandes cidades.
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Emmanuel Macron venceria o segundo e último turno das eleições presidenciais francesas de 7 de maio com 62% dos votos, de acordo com a primeira pesquisa divulgada neste domingo pelo instituto de pesquisa de opinião Ipsos. De acordo com a pesquisa, Marine Le Pen, de extrema direita e com 48 anos, ficaria com com 38% dos votos, longe de Macron, de 39 anos.
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Macron: "O desafio não é votar contra. O desafio é abrir uma nova página em nosso país para que todos possam encontrar o seu lugar".
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Macron apela para que todos os franceses se unam contra Le Pen
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Emmanuel Macron, neste domingo à noite, fora do seu comitê em Paris depois de conhecer os primeiros resultados das eleições. Foto: Christian Hartmann (Reuters)
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Mélenchon pede cautela até que sejam apurados os votos das cidades. O líder da França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, pediu "prudência" após o lançamento das primeiras projeções para o primeiro turno das eleições presidenciais, porque "ainda não são conhecidos os resultados das grandes cidades. Nós não vamos dar validade aos dados divulgados com base em pesquisas", escreveu Mélenchon em seu Facebook, onde pediu "moderação".
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Marina Novaes
Apoiadores de Marine Le Pen comemoram os primeiros resultados em Hénin-Beaumont, região onde a Frente Nacional (partido da candidata) é forte. Foto: Charles Platiau/Reuters
Marina Novaes
Marina Novaes
Projeção dos resultados do primeiro turno, baseados na pesquisa Ipsos, publicada pelo Le Monde:
Marina Novaes
Marina Novaes
No Twitter, Le Pen comemorou o "resultado histórico":
Marina Novaes
Tom C Avendano
Le Pen: “O resultado é histórico.” A líder de extrema-direita faz suas primeiras declarações após vitória. “Eu estou ciente da honra de passar ao segundo turno”
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Este é o perfil de Emmanuel Macron, candidato de En Marche! (centro), elaborado pelo nosso colega @alexvicente. O lema dele: "A França deve ser uma oportunidade para todos." Principais Projetos: impostos mais baixos sobre as empresas e apoiar a emprendedores. Promover a igualdade de oportunidades. Reforçar a Europa. A frase. "Quero construir uma verdadeira mudança de governo, devolver a cada francês a confiança nele mesmo, na França e na nossa capacidade coletiva de superar desafios. Se o fizermos, vamos fazer com que a Europa e o resto do mundo confiem no nosso país". Prognóstico: 23-25%, segundo as pesquisas Foto: Christophe Ena
Tom C Avendano
Marina Novaes
Manifestantes anti-facistas protestam logo após a votação ser encerrada em Paris e as pesquisas apontarem o segundo turno entre Macron e Le Pen. Houve confronto com a polícia. Foto: Thomas Samson/AFP
Marina Novaes
Tom C Avendano
Apoiadores de Marine Le Pen celebram os primeiros dados da boca de urna na cidade de Hénin-Beaumont, reduto da Frente Nacional, no norte da França. Foto: Charles Platiau (Reuters)
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Bernard Cazeneuve: "Peço que vocês votem em Macron para vencer esse projeto desastroso que atrasaria e dividiria a França e os franceses", disse primeiro-ministro francês, em um discurso na sede do governo.
Tom C Avendano
Marina Novaes
François Fillon, líder do partido da direta tradicional, também reconheceu a derrota. Em discurso, o candidato voltou a criticar Marine Le Pen, descartando apoiá-la no segundo turno, e declarou apoio a Macron. Segundo as pesquisas, ele teve 19,5% dos votos. Foto: Michel Euler/AP
Marina Novaes
Tom C Avendano
O candidato do Partido Socialista francês Benoît Hamon ja pede apoio para Emmanuel Macron no segundo turno, segundo o jornal Le Monde. O candidato governista admitiu uma "penalidade histórica" para o seu partido
Tom C Avendano

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: