#Bedforawayfans: o gesto dos torcedores do Dortmund com os do Monaco

Os alemães ofereceram hospedagem aos torcedores visitantes através do Twitter após adiamento da partida

Torcedor do Monaco agradece à torcida do Borussia Dortmund.
Torcedor do Monaco agradece à torcida do Borussia Dortmund.Kai Pfaffenbach (REUTERS)

Após as três explosões que assustaram o Borussia Dortmund e toda a cidade, os torcedores da equipe alemã ofereceram suas casas aos membros da torcida do Monaco, que tinham planejado voltar para o principado na noite de terça-feira. Como a partida foi adiada para esta quarta-feira, às 13h45 (horário de Brasília), muitos visitantes não tinham feito reservas para dormir em Dortmund. Através do Twitter, com a hashtag #Bedforawayfans, os alemães ofereceram uma cama para que os torcedores alvirrubros passassem a noite e esperassem pelo jogo, válido pelas quartas de final da Champions League.

Através de sua conta na rede social, o Borussia Dortmund informou a todos aqueles que precisassem de alojamento que usassem a hashtag para descobrir quem se colocava à disposição. A iniciativa foi bem recebida pelo Monaco, que também avisou seus seguidores e anunciou, ainda, que dará 80 euros a todos os torcedores que pernoitassem em Dortmund. Rapidamente, as redes acolheram a proposta e destacaram o bom espírito do clube alemão e de seus torcedores em um momento tão difícil e em meio à confusa situação vivida naquele momento na cidade.

Havia ofertas de todo tipo: “Tenho dois lugares em um sofá, lugar na garagem, em uma cabana no jardim e até posso colocar alguém no meu carro”, dizia uma das mensagens. “Estamos procurando lugar para duas pessoas, um hotel ou qualquer coisa” era um pedido de um torcedor monegasco.

A quantidade de mensagens se multiplicou com o correr das horas. Os torcedores alemães nem sabiam o que havia ocorrido, nem quem era o autor das explosões que colocaram Dortmund em estado de alerta. No entanto, as ofertas se multiplicaram e a hashtag acabou se tornando um dos tópicos mais populares do Twitter.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: