A vitória de Trump e repercussão: como foi a cobertura em tempo real

Acompanhe os desdobramentos da vitória do republicano em tempo real com a equipe do EL PAÍS

Jornalistas esperam Donald e Melania Trump.
Jornalistas esperam Donald e Melania Trump.Susan Walsh (AP)

As eleições presidenciais nos Estados Unidos ocorreram nesta terça-feira, dia 8 de novembro, após uma longa e virulenta campanha eleitoral e a noite acabou com uma vitória do republicano Donald Trump. O magnata sem experiência política, que representa um salto no escuro, ganhou de Hillary Clinton, a veterana do Partido Democrata. 

 Leia aqui, como foi a cobertura completa das eleições nos Estados Unidos em tempo real, com os desdobramentos no mundo político e econômico e a análise dos resultados:

Flávia Marreiro

A noite em que Barack Obama humilhou Donald Trump

No jantar dos correspondentes de 2011, o presidente se vingou pelo rumor que o empresário espalhou sobre o seu local de nascimento. Leia aqui a reportagem.

Flávia Marreiro
Flávia Marreiro

Segue o porta-voz de Obama: "O presidente mantém sua opinião de que Trump não está qualificado para ser presidente", "mas agora sua opinião já não importa, importa sua vontade para para facilitar a transição"

Flávia Marreiro
Flávia Marreiro

Josh Earnest, secretário de imprensa de Obama, sobre a reunião com Trump: "Não resolveram suas diferenças, nem tentaram. Não se tratava disso. O objetivo era se conhecer e falar da transição da Casa Branca". 

Flávia Marreiro
Flávia Marreiro
De Cristina F. Pereda: O presidente da Câmara dos Representantes, à esquerda na imagem, mostra Donald e Melania Trump visitando o Capitolio.

Flávia Marreiro
Rodolfo Borges

Rodolfo Borges
Felipe Betim
Obama diz a Trump: "É importante para todos nós, tanto faz o partido, que a gente se una e enfrente todos os problemas que temos".
Felipe Betim
Felipe Betim
Felipe Betim
Felipe Betim
Obama diz a Trump: "Se você tem êxito, o país também terá".
Felipe Betim
Felipe Betim
Trump disse que a reunião seria de 10 minutos, mas acabou durando uma hora e meia.
Felipe Betim
Felipe Betim
Foi a primeira conversa entre Trump e Obama. Nunca haviam se conhecido pessoalmente.
Felipe Betim
Felipe Betim
Trump: "Conversamos sobre muitas situações, algumas maravilhosas e outras muito difíceis". O presidente eleito disse que foi uma grande honra ter conversado com Obama.
Felipe Betim
Felipe Betim
Obama: Minha prioridade número um nos próximos meses é que a transição seja exitosa". O presidente reitera que é importante para todos os americanos que as equipes trabalhem juntas.
Felipe Betim
Felipe Betim
O presidente Obama diz que se sente "animado" pela conversa com Trump, que abordou diversos temas. O mandatário e o presidente eleito não responderem as perguntas dos jornalistas.
Felipe Betim
Felipe Betim
Donald Trump e Barack Obama no Salão Oval. Foto: P. MARTÍNEZ MONSIVAIS (AP)
Felipe Betim
Felipe Betim
Barack Obama assegura que teve uma "conversa excelente" com Trump, segundo informa AFP.
Felipe Betim
Felipe Betim
Um de nossos correspondentes em Washington mostra um protesto ocorrendo em frente à Casa Branca.
Felipe Betim
Felipe Betim
Na imagem, vários jornalistas esperam Donald e Melania Trump em uma das entradas da Casa Branca.
Felipe Betim
Felipe Betim
Posteriormente, Obama e Trump se reunirão no Salão Oval, enquanto a primeira-dama se reunirá com a esposa do magnata.
Felipe Betim
Felipe Betim
O convite foi feito por Obama nesta quarta, após a eleição histórica de Trump. O presidente e a primeira-dama tradicionalmente oferecem uma visita guiada pela Casa Branca ao ganhador das eleições e sua esposa (como fizeram os Bush 2008).
Felipe Betim
Felipe Betim
Trump entrou na Casa Branca por uma das portas laterais, onde chegou com uma caravana de carros do Serviço Secreto norte-americano. Não haverá foto de sua chegada histórica à residência presidencial.
Felipe Betim

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS