Gravação do avião da EgyptAir confirma que houve um incêndio a bordo

A caixa-preta do voo MS804 registra a existência de fogo antes de o avião cair

As caixas-pretas do avião.
As caixas-pretas do avião.Ministério da Aviação Civil do Egito (EFE)
Mais informações

A gravação da cabine do voo MS804 da EgyptAir mostra que houve uma tentativa de apagar um incêndio a bordo antes que o avião caísse, no último dia 19 de maio, no mar Mediterrâneo, segundo fontes da comissão que investiga o caso.

A gravação confirma os dados extraídos da outra caixa-preta e que já indicavam a presença de fumaça no banheiro da aeronave e no sistema eletrônico. A comissão não esclareceu ainda qual teria sido a causa dessa anomalia, mantendo em aberto todas as hipóteses.

O avião, um Airbus A320, caiu no mar devido a causas ainda desconhecidas com 66 pessoas a bordo. O voo fazia a rota Paris-Cairo, razão pela qual as investigações vêm sendo realizadas principalmente por autoridades da França e do Egito. A possibilidade de que o aparelho tenha sido alvo de um atentado não foi totalmente descartada, embora nenhum grupo terrorista tenha assumido uma suposta autoria. Investigadores gregos afirmam que o aparelho deu um giro de 90 graus para a esquerda, para depois girar de novo 360 graus para a direita e cair dos 11.300 metros de altura para menos de 3.000, antes de desaparecer do alcance dos radares.

Regras

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: