Morre Kimbo Slice, o ‘rei dos lutadores web’

O atleta de MMA ganhou popularidade ao divulgar pela internet as lutas de rua de que participava

Kimbo Slice, à direita, durante uma luta.
Kimbo Slice, à direita, durante uma luta.AP

A morte “precoce” e “devastadora” de Kimbo Slice comoveu as artes marciais mistas. Com essas palavras fortes, Scott Coker, presidente da organização Bellator MMA, confirmou nesta terça-feira a morte do lutador Kevin Ferguson, nascido nas Bahamas e conhecido como Kimbo Slice, de 42 anos. “Perdemos um atleta de personalidade carismática, tão grande que sua vida transcendia o esporte”, disse o empresário. Kimbo Slice ganhou popularidade ao difundir pela internet os combates de rua de que participava. A revista Rolling Stone apelidou-o de The King of Web Brawlers (O rei dos lutadores web).

Mais informações
20 frases de Muhammad Ali que são verdadeiras lições de vida
Morre Muhammad Ali, lenda do boxe e ícone do século XX

Kimbo Slice foi hospitalizado na segunda-feira em Margate (Florida), com queixas de fortes dores no peito, segundo informações publicadas pelos meios de comunicação norte-americanos. “Perdemos um irmão”, acrescentou Mike Imber, que foi seu treinador durante muitos anos. “Fora do ringue, ele era um gigante gentil, amável, um homem dedicado à sua família”, destacou Coker.

Originário das Bahamas, o lutador Kimbo Slice nasceu em 8 de fevereiro de 1974, mas logo passou a viver na região de Miami. “Sua perda nos deixa com o coração muito entristecido. Nossos pensamentos e orações se dirigem para a família de Ferguson, a todos os seus amigos, fãs e companheiros”, finalizou Coker.

Kimbo Slice, que tinha um combate agendado para 16 de julho em Londres, lutava na categoria dos pesos pesados.

Regras

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS