Manifestantes ocupam sede da Funarte, instituição vinculada ao MinC, em São Paulo

Ocupações também já aconteceram nas sedes do Rio de Janeiro e Belo Horizonte

Ocupação da Funarte, em São Paulo
Ocupação da Funarte, em São PauloMauricio Pisani

Manifestantes ocuparam na tarde desta terça-feira a sede da  Fundação Nacional de Artes (Funarte) em São Paulo. A ocupação vem na esteira de protestos semelhantes no Rio de Janeiro e Belo Horizonte e é contrário ao fechamento do Ministério da Cultura (MinC) e ao Governo interino de Michel Temer. A Funarte é uma instituição de apoio e fomento à arte vinculada ao MinC. Segundo a Folha de S. Paulo, as ocupações devem se estender também para outras instituições vinculadas ao MinC, em cidades como Curitiba, Recife, Fortaleza, Salvador, Natal e João Pessoa.

Momento da ocupação do prédioMauricio Pisaniundefined
Início de assembleia sobre a ocupação da Funarte, em SPMauricio Pisaniundefined

Em São Paulo, o ato foi organizado por artistas, membros de coletivos culturais e militantes. Assim que entrou no local, o grupo iniciou uma pequena assembleia para discutir os próximos passos. A ideia, a partir de agora, é acampar no prédio e fazer uma programação de debates e eventos culturais. O Rio de Janeiro abriga a sede nacional da Funarte e fica no Palácio Gustavo Capanema, prédio simbólico do centro da cidade.

Mais informações
A Cultura é (novamente) degolada em tempos de ajuste fiscal
Artistas pedem a volta do Ministério da Cultura
Busca-se (rapidamente) uma “representante do mundo feminino” para a Cultura

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS