Neymar jogará o Mundial do Japão

Lesão muscular do atacante do Barça não é grave e não tirá-lo da semi do Mundial

Neymar, durante o treinamento do Barça.
Neymar, durante o treinamento do Barça.P. STOLLARZ (AFP)

Durante o treinamento de ontem no BayArena, estádio do Leverkusen que hoje abrigará o duelo da Champions (17h45, horário de Brasília) contra o Barcelona, Neymar sentiu uma fisgada no músculo adutor da perna esquerda. Não foi desses que queimam, mas assim que sentiu que algo não estava bem, Neymar parou. Os médicos do Barça o levaram para fazer os exames para descobrir o alcance da lesão. “Acho que não fizeram no estádio, embora temos algumas máquinas que poderiam ter ajudado”, conta a equipe médica do Leverkusen, orgulhosa tanto do estádio como do complexo de campos anexos que utiliza a equipe principal para treinar e onde se disputam os duelos dos times juvenis. “Pequena lesão fibrilar no adutor da perna esquerda”, informou o comunicado dos médicos, com consentimento do jogador.

A lesão de Neymar deixou todos apreensivos porque o Barça inicia na semana que vem a briga pelo título do Mundial de Clubes, que acontece no Japão. As especulações foram muitas porque um rompimento muscular exigiria ao menos duas semanas de ausência. “Mas não é nada grave”, explicam fontes do Barcelona, “não vamos nem fazer mais exames”. É uma distenção ou um aviso de que não pode forçar, menos ainda em um duelo em que o resultado tem pouca importância como o desta tarde, contra o Levekusen, já que o Barça está classificado já como primeiro de grupo para as oitavas de final da Champions.

“Não é nada grave, não vamos fazer mais exames”, esclarecem fontes do Barcelona

Neymar certamente estará no Japão. “E não deve ser desfalque para a semifinal”, informam desde os vestiários o Camp Nou. Uma boa notícia para o Barça, que neste ano encontrou a melhor versão do atacante brasileiro. Ele já soma 16 gols e nove assistências nos 18 encontros que jogou entre o Campeonato Espanhol e a Champions, artilheiro da competição doméstica com 14. A semifinal do Mundial, no dia 16 de dezembro, será contra o vencedor entre o chinês Guangzhou chinês e o América de México. Se passar para a final, o Barça deve enfrentar o River Plate na final, no dia 20. E isso, Neymar não perderá.

Mais informações

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: