Wall Street

Bolsa de Nova York suspende suas operações por problemas técnicos

O pregão de Wall Street interrompeu os negócios às 11h30 (12h30 no horário de Brasília) Autoridades descartam ataque cibernético

Operadores na Bolsa de Nova York.
Operadores na Bolsa de Nova York.JUSTIN LANE / EFE

A Bolsa de Nova York (NYSE) interrompeu nesta quarta-feira todas as suas operações por uma falha técnica. A bolsa norte-americana abriu o pregão com normalidade, com quedas próximas de 1% nos principais índices, após um desempenho negativo na noite de ontem nos mercados asiáticos. No entanto, um alerta advertia pouco depois das 11h30 (12h30 pelo horário de Brasília), após uma hora e meia de atividade, que os negócios seriam suspensos por problemas técnicos.

Mais informações

As ações continuam sendo negociadas em outros mercados dos Estados Unidos, como o Nasdaq, mas o incidente provocou uma forte queda nas cotações. Foram suspensos pedidos de compra e venda em Nova York. Um porta-voz do Departamento do Interior dos EUA disse que, no momento, não há indícios de ataques cibernéticos contra o sistema, segundo informou a agência Bloomberg.

A New York Stock Exchange emitiu um breve comunicado em sua página na Internet, dizendo que “suspendeu temporariamente o comércio de todos os valores. Todos os pedidos abertos serão cancelados. Informações adicionais serão fornecidas o mais breve possível”.

Em sua conta do Twitter, a NYSE acrescentou que se trata de uma “questão técnica interna e não de um ataque cibernético”. “Decidimos suspender as negociações para evitar problemas decorrentes dessa questão técnica”.

O desmentido era pertinente porque as suspeitas de um ataque cibernético vinham sendo alimentadas devido a um incidente prévio com a United Airlines, obrigada a suspender todos os voos durante horas por uma falha no sistema, e a um problema no site do jornal The Wall Street Journal. Além disso, a Bolsa de Nova York havia iniciado a jornada informando sobre um problema técnico. O próprio Departamento do Interior dos EUA desmentiu uma possível relação entre os problemas da United e da NYSE.

A Bolsa de Nova York não é equivalente ao Dow Jones. Este é um indicador que mede a oscilação de dezenas de ações que podem cotizar em várias praças diferentes. Isso explica por que os índices, até o momento, continuam registrando movimentos apesar da paralisação da Bolsa de Nova York.

“Os sistemas do Nasdaq estão operando com normalidade, sendo negociados papéis de todas as empresas, incluindo os de Tipo A (da NYSE)”, disse a Nasdaq através do Twitter.

Mais informações