Verne

O que você vê quando olha para essa foto?

Uma imagem viralizou pelas redes sociais por causa de sua legenda e causou enorme repercussão

Reprodução / Facebook

Uma imagem viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira e causou polêmica. Compartilhada por milhares de pessoas em questão de horas, a foto postada no Facebook de Dudley Barbosa seguida de uma legenda indignada surpreendeu as pessoas pela Internet.

A imagem mostra em primeiro plano duas meninas abraçadas à espera do metrô no Rio de Janeiro. A legenda, a princípio, parecia tratar-se de mais um caso de homofobia e preconceito, desses que, por azar, já viraram rotina na Internet. Mas no final, a explicação do autor é surpreendente.

“Não sou preconceituoso, acho que cada um faz o que quer da sua vida. Mas acho um absurdo eu ser obrigado a presenciar uma cena como essa. O que cada um faz em particular é problema seu, mas o que se faz em público me diz respeito, sim. E eu me recuso a ver uma cena como essa e considerar algo normal.

Não desejo o mal de ninguém, mas as pessoas deviam se preservar. Estão desafiando as convenções sociais, e isso pode ser perigoso. Se depois acontece uma tragédia, ou pior, se alguém morre, vão colocar a culpa em quem? Em mim?

O pior de tudo é o exemplo para as crianças. Como vai ficar a cabeça de uma criança que vê essa cena todo dia", dizia o post.

Em seguida, Barbosa explica o real motivo da sua indignação:

Mais informações

“As crianças vão achar que é normal esperar o metrô em cima da faixa amarela. Então, não faça como aquele cara ali. Siga o exemplo das meninas. Espere o metrô ANTES da faixa amarela, e só cruze a faixa depois que o metrô estiver parado e com as portas abertas”.

E você? O que o que viu quando olhou para essa foto?

Correção

Primeiramente, havíamos publicado que o texto era de autoria de Nelson Felipe. Porém, a foto <a href="https://www.facebook.com/casamentoigualitario/photos/a.811312935561019.1073741852.243030369055948/1102100036482306/?type=1&amp;hc_location=ufi" target="_blank">foi primeiramente publicada no dia 5 de abril</a> pela página '<a href="https://www.facebook.com/casamentoigualitario?fref=photo" target="_blank">Eu sou a favor do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo no Brasil</a>', com a seguinte legenda: "Ame amar. Ame sem medo. Estamos aprendendo cada vez mais que não existe NENHUM motivo para que nos envergonhemos do nosso amor. AME SEM MEDO!".

Correção

No dia seguinte, dia 6, <a href="https://www.facebook.com/dudley.santos.9/posts/786841634731147?pnref=story" target="_blank">Dudley Barbosa compartilhou a imagem</a> com o texto irônico, que acabou sendo <a href="https://www.facebook.com/photo.php?fbid=608695499266078&amp;set=a.480215382114091.1073741833.100003769005680&amp;type=1&amp;theater" target="_blank">publicado por Nelson Felippe no dia seguinte</a> e, aí sim, viralizado. No Facebook, Felippe diz que teve de "republicar o post, pois o link foi muito acessado e acabou quebrando", por isso a data posterior à publicação de Barbosa. Procurado pela reportagem, Felippe ainda não deu retorno.

Mais informações