Surge um vídeo do atentado em Túnis gravado por uma sobrevivente

O jornal 'La Repubblica' divulga na terça-feira uma gravação do ataque terrorista 21 pessoas faleceram na tragédia enquanto visitavam o Museu do Bardo

O jornal italiano La Repubblica difundiu na terça-feira em sua página web um vídeo do atentado em Túnis, no qual é possível ver cenas de incredulidade e de pânico entre os visitantes do Museu do Bardo depois da invasão armada de três terroristas islâmicos no recinto. A gravação, que dura seis minutos, foi realizada por um casal de turistas italianos, Marcello Salvatori e sua esposa Maria Rita, que se encontravam dentro do museu quando começou a tragédia, segundo informa o meio italiano.

Também eram passageiros do cruzeiro Costa Fascinosa e sobreviveram ao ataque jihadista, que causou a morte de 21 pessoas, entre elas um casal espanhol. “Pensei que uma estátua tinha caído no chão ao ouvir a primeira explosão”, conta Marcello. A segunda explosão e as seguintes rajadas de Kalashnikov não deixaram lugar a dúvidas, continua. “Pareciam bombas.” O casal relata que se refugiou em um lugar fora do alcance dos terroristas graças à ajuda de um guia e de três tunisianos que se encontravam nas imediações do museu. Maria confessa ter gravado boa parte do enfrentamento com os terroristas sem perceber.

Mais informações

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: