Nuvem de bananas contra o racismo

Hulk, Neymar, Agüero, Roberto Carlos... esportistas e famosos reagem com fotos que imitam o gesto de Alves comendo a banana

Hulk, Neymar, Roberto Carlos... muitos jogadores reagiram nas redes sociais com fotos que imitam o gesto de Alves comendo a banana para mostrar seu apoio. "Temos que levar assim, com humor. Não vamos mudar isto facilmente. Estou há 11 anos com a mesma coisa na España, sofrendo isso, e temos que rir destes retardados. Se não damos importância, eles não conseguem seu objetivo", declarou depois do incidente o jogador brasileiro. Todos usam o hashtag #somosmacacos. Seu colega Neymar, machucado e que estava assistindo o jogo pela televisão, reagiu imediatamente escrevendo nas redes sociais "Somos todos macacos" e "Diga não ao racismo". Neymar publicou uma imagem com seu filho, na qual os dois aparecem com uma banana. A foto tem quase meio milhão de "likes".

A campanha "Somos todos macacos" se uniram, entre outros, o apresentador brasileiro Luciano Huck.

O ex-jogador Bebeto, atualmente deputado estadual, também escreveu em seu Twitter: "Medidas precisam ser tomadas e punições aplicadas de forma enérgica para coibir esse tipo de preconceito, pois se trata de uma verdadeira mancha ao futebol espanhol!".

O Barcelona se solidarizou com seu jogador Dani Alves. Em um comunicado, o clube mostra seu "total apoio" e "solidariedade" depois dos insultos que recebeu, e o episódio da banana que transcendeu pelo mundo todo e reforçou que a atitude de certos torcedores deve ser "isolada" e "erradicada" do mundo do futebol. De todos modos, o Barça esclarece que a atitude racista não está relacionada com o Villarreal, já que valoriza "muito positivamente" o apoio do clube de Castellón e sua condenação "pública e imediata" às agressões registradas no domingo no El Madrigal. "O Barcelona apoia a mensagem de 'Respeito' e 'Não ao racismo' da UEFA, o organismo máximo do futebol europeu, e pede que todos os clubes continuem lutando contra a praga que a agressão contra qualquer esportista em função de sua raça representa", indica o comunicado.

O brasileiro Leandro Barbosa, jogador dos Phoenix Suns, da NBA

Oscar, David Luiz e William, do Chelsea: "Somos felizes, somos todos macacos"

O ex-jogador Roberto Carlos não duvidou em apoiar seu compatriota.

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, e o treinador da seleção italiana, Cesare Prandelli, comeram uma banana em homenagem ao gesto de Alves.

AP Photo/Roberto Monaldo, Lapresse

A apresentadora espanhola do canal público, Mariló Montero, comeu também uma banana ao vivo em seu programa.