Há evidências históricas e arqueológicas, mas não há confirmação por DNA de que as partes achadas sejam do autor de  Dom Quixote

Equipe da Espanha crê ter encontrado restos mortais de Miguel de Cervantes

Investigação aponta evidências históricas e arqueológicas, mas não de DNA “É possível que os restos achados sejam de Miguel de Cervantes”, diz legista

Restos do caixão de Miguel de Cervantes, com as iniciais M. C.

Encontrado o caixão de Cervantes

Caixão do autor de ‘Dom Quixote’ foi encontrado no sábado no convento das Trinitárias Especialistas ainda não identificaram os restos ósseos encontrados

Um operário mostra o funcionamento do georradar que se usará para buscar os restos de Cervantes.

Operação ‘encontrar Cervantes’

Uma equipe de cientistas espanhóis, armados de georradares e termografia infravermelha, inicia uma busca dos restos mortais do escritor abaixo da igreja madrilena das Trinitárias