Diálogo de surdos, mas não mudos

Os radicais da oposição venezuelana deberíam entender que os diálogos de paz acontecem entre enemigos