Um animal que imagina

O Nobel mexicano, Octavio Paz, ditou em 1975 seis dissertações, nunca publicadas, nas quais analisou sua ideia sobre a literatura Este é um trecho da que o Nobel mexicano dedicou à relação entre poesia e progresso