Os gols contra da superpotência

A ameaça ao poder global dos Estados Unidos não vem de Pequim, mas de Washington

O mundo visto pelos banqueiros

A recuperação europeia e a freada das economias emergentes, principais temas dos encontros do FMI e do Banco Mundial

A cúpula das mentiras

O Panamá será o cenário de uma reconciliação, de um confronto, e também de muitas falsidades

A fraudulenta superioridade dos economistas

Não foram capazes de prevenir a crise, nem há acordo sobre suas causas

O euro cai, a Europa sobe

Não é verdadeiro que a desvalorização de uma moeda necessariamente debilite a um país. Em alguns casos, fortalece sua economia

Três surpresas do petróleo barato

Uma das consequências é o estímulo a eliminar ou reduzir subsídios muito injustos e substituí-los por ajudas diretas à população de menor renda

Entendê-los ou extraditá-los?

Supor que existem soluções óbvias para o terrorismo islâmico é um erro perigoso

Uma mulher protesta contra os ataques à imprensa na Venezuela em fevereiro de 2014

A mordaça na era digital

Governos aprenderam a driblar os efeitos libertadores da Internet e condicionar informação Eles estão tendo sucesso na hora de invadir os meios de comunicação independentes

De Davos a Cartagena

O evento suíço é um barômetro de humores e prognósticos de gente com muita influência; e o da cidade colombiana, sede do festival Hay, é fantasia para a alma

Ilustração: Eva Vázquez

As surpresas de um petróleo mais barato

O repentino abaratamiento do cru poderia ser tão perturbador como a crise de 1974

As bandeiras dos EUA e de Cuba penduradas em uma sacada de Havana, nesta semana.

Uma guinada imprevista

Biologia e tecnologia explicam a mudança nas relações entre Cuba e Estados Unidos. O envelhecimento dos irmãos Castro, a morte de Chávez e as mudanças no mapa energético, com a queda do preço do petróleo, propiciaram a aproximação entre dois velhos inimigos

Assombrosa revolução de 2014

Consequências serão enormes se o preço do petróleo continuar baixo

Será 2015 parecido com 2014?

Ninguém pôde prever no final de 2013 a epidemia de ebola, o crescimento do Estado Islâmico ou a invasão da Crimeia. O que esperar do ano próximo?

México mau, México bom

Os escândalos geram um ambiente tão tóxico quanto nos piores momentos do Governo de Salinas

Diagnosticando Obama

Presidente dos EUA conseguiu unir democratas e republicanos, ainda que somente na crítica

Uma visita ao futuro

No Vale do Silício, percebe-se que gigantes como Google e Facebook se sentem inseguros

O que pensa o mundo?

Tanto os homens como os Governos superestimam sua própria importância

O que acontece com a política?

Poucos acreditam na honestidade dos políticos, e os partidos já não são o lar dos idealistas

Grãos, iPhone e Google

A agricultura está sofrendo uma expansão tão importante quanto a revolução tecnológica

Três ideias equivocadas

Turbulência geopolítica, crises econômicas e convulsões sociais não dão tempo para pensar

Marina Silva, na quinta-feira passada no Rio.

E o que mais aconteceu...?

Além de Síria, Ucrânia, Gaza, Iraque, o Exército Islâmico e o ebola, houve outros importantes eventos em 2014, como a entrada de Marina Silva nas eleições presidenciais

Simplificações, armadilhas e mentiras no Iraque

As acusações a Obama pela falta de ação no Oriente Médio são de um simplismo enorme e perigoso

Sociedade civil... e armada

Muitos Governos autoritários disfarçam de ONG e movimentos cívicos suas forças armadas, sua polícia política e outros corpos repressivos

Mais 4 graus…

O planeta nunca experimentou semelhante acréscimo de temperatura. E os seres humanos que só estão há 250.000 anos na terra, nunca viveram em um mundo assim

A corrupção causa desigualdade?

Em alguns países, se deve à existência de muitos ladrões no Governo e no setor privado que podem roubar com grande impunidade

Piketty em todas as partes

A denúncia de que 1% da população é muito rica e 99% vivem de forma cada vez mais precária é uma palavra de ordem mundial

Postais da Venezuela

Relatório do Human Rights Watch constata violações dos direitos humanos