Literatura

O manuscrito de ‘Cem anos de solidão’ que García Márquez acreditava ter se perdido

México guarda cópia datilografada da grande obra do escritor colombiano. O próprio autor deu a obra ao crítico literário Emmanuel Carballo