Amandinha, uma leoa na defesa do futsal feminino brasileiro

Melhor do planeta pela quinta vez consecutiva, ela recusa propostas para jogar fora do Brasil e se dedica a treinar novas gerações: "Vou ficar". Por Aline Torres