TSE salva Temer por quatro votos a três

Herman Benjamin, relator do processo no TSE, vota a favor da cassação da chapa Dilma-Temer

Acompanhe ao vivo o julgamento no TSE do processo que pode cassar o mandato de Temer

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encerrou nesta sexta-feira, 9 de junho, o julgamento da ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, que venceu as eleições de 2014. O ministro Herman Benjamin, relator do caso, votou pela cassação do mandato do presidente Michel Temer —já, na tarde desta sexta-feira, os outros seis ministros apresentam seus votos sobre o pedido de cassação, protocolado pelo PSDB. O placar final inocentou Temer: 4 votos contra 3. No início da tarde, o vice-procurador-eleitoral Nicolao Dino chegou a pedir que o ministro Admar Gonzaga fosse impedido de votar, por ele ter atuado como advogado da ex-presidenta Dilma Rousseff, mas a corte eleitoral rejeitou por unanimidade. Nos três primeiros dias de juízo, a maioria dos ministros descartou incluir as provas da Odebrecht no processo.

Veja como contamos em tempo real os quatro dias de julgamento. Leia aqui a reportagem completa: TSE salva Temer, que agora deve enfrentar novo embate na Câmara

MAIS INFORMAÇÕES